Cat Friendly Practice

CAT FRIENDLY PRACTICES (Clínica Amiga do Gato)

Qual a necessidade para a criação do Cat Friendly Practice

Os gatos visitam os veterinários menos frequentemente que os cães. A maior razão para que isso ocorra deve-se ao fato de ser muito estressante para os gatos serem levados a uma clínica, e os responsáveis/ tutores normalmente acreditam que seus gatos não precisam de check-ups de rotina para a manutenção do seu  bem-estar ou de cuidados preventivos. O  Programa Cat Friendly Practice (CFP), ou, livremente traduzido, Clínica Amiga do Gato, fornece uma solução para essa tendência de pensamento e cria uma oportunidade para as Clínicas Veterinárias elevarem os seus cuidados com os pacientes felinos e reduzirem o estresse desses pacientes durante as visitas.
Responsáveis/ tutores de gatos
Informações para os tutores de gatos sobre o Programa Cat Friendly Practice
Pode ser um evento estressante para você e seu gato a visita a um veterinário. As visitas ao veterinário começam antes de você chegar à clínica, o estresse começa com os seus esforços iniciais em colocar o gato na caixa de transporte e continuam durante o caminho da clínica até receber o atendimento veterinário. Segundo a American Associantion of Feline Practitioners, 58% dos responsáveis de gatos relatam que seus gatos odeiam ir ao veterinário e 38% relatam ser estressante para eles pensar em levar seus gatos em busca de atendimento veterinário.
Agora as clínicas veterinárias podem se tornar locais de manejo mais amigável dos gatos. Quando uma clínica solicita a sua inclusão no programa CFP, ela deve provar que adotou medidas específicas para assegurar que conhecem as necessidades particulares dos gatos, têm implementado padrões de manejo amigáveis ao felino, e têm feito mudanças estruturais para diminuir o estresse e fornecer um ambiente mais calmo para esse paciente, tais como sala de espera ou consultórios específicos para os felinos.
A Equipe de veterinários deve também ser treinada no manejo amigável dos gatos,  e deve entender o comportamento dos felinos para aumentar a qualidade dos cuidados ofertados a esses pacientes.
O que é uma Clínica Amiga do Gato?
American Associantion of Feline Practitioners busca encorajar e facilitar o fornecimento de serviços veterinários de qualidade  para os gatos. Contudo, é sabido que existem desafios particulares e dificuldades para trazer o seu gato a uma clínica veterinária, entre outros pode ser citado:

  • Gatos frequentemente não viajam bem;
  • Gatos não se sentem seguros quando estão longe de seus territórios;
  • Gatos são altamente sensíveis a sinais não usuais, sons e cheiros;
  • A maioria dos gatos prefere a quietude e solidão;
  • A maioria dos gatos são altamente sensíveis ao estresse e ansiedade;
  • A maioria dos gatos são altamente estressados com outros gatos ou com a proximidade de cães na clínica veterinária;
  • Gatos precisam ser manipulados gentilmente, com cuidado e respeito;
  • Gatos têm requerimentos médicos únicos que a Clínica Amiga do Gato deve ser capaz de fornecer.

American Associantion of Feline Practitioners estabeleceu o Programa Clínica Amiga do Gato para ajudar aos veterinários a ofertar uma variedade de serviços para atender as necessidades particulares dos gatos nos estabelecimentos veterinários. Uma longa lista de auto-avaliação foi construída para demonstrar quais os preceitos que uma clínica que pleteia fazer parte do programa precisa cumprir. Em uma Clínica Amiga do Gato deve-se, de acordo com o programa:

  • Entender as necessidades particulares dos gatos e tornar as visitas aos veterinários mais amigáveis;
  • Entender como abordar e manipular os gatos, usando uma maneira gentil, empática e cuidadosa;
  • Ter um padrão apropriado de equipamentos necessários para investigar e tratar os pacientes felinos;
  • Criar um padrão de ambiente e cuidados para com os gatos hospitalizados.

Como eu posso ser beneficiado por visitar uma Clínica Amiga dos Gatos?
Abaixo estão algumas maneiras específicas como os tutores de gatos podem ser beneficiados em visitar uma Clínica Amiga dos Gatos:

  • Essas clínicas fazem um grande esforço para manter um ambiente calmo;
  • Essas clínicas têm incorporadas áreas/ salas de espera que reduzem o estresse associado com barulhos, outros pets e cheiros não usuais (os métodos podem incluir áreas somente de felinos, espaço separado com barreira bloqueando contato visual do gato com outro animal, criação de momentos de atendimento somente de felinos, direcionamento dos pacientes felinos diretamente ao consultório, etc).
  • Equipe treinada e cônscia das necessidades individualizadas dos gatos, incluindo marcação facial e comportamento.
  • Essas clínicas implementam o guia de manejo amigável dos pacientes felinos para favorecer uma experiência mais positiva do gato na clínica.
  • Essas clínicas usam uma abordagem mais lenta para atingir os resultados positivos;
  • Essas clínicas desenvolvem um plano individual baseado nas necessidades específicas, preferências e comportamentos do seu gato.
  • Essas clínicas implementam maneiras de tornar você e seu gato os mais confortáveis possível.
  • As equipes de veterinários recebem educação continuada nos mais recentes avanços da medicina felina.
  • Essas clínicas assegurarão que você seja um valoroso membro do time responsável pelos cuidados de saúde de seu gato e ajudarão a você entender quais são as necessidades de seu gato e o  que você pode fazer para se certificar que ele esteja recebendo os cuidados que necessita.
  • Essas clínicas usam feromônios sintéticos como efeito calmante.
  • Nessas clínicas existe um consultório somente para felinos para fornecer segurança e uma área livre ameaças, onde os gatos podem ser examinados calmamente e efetivamente.
  • Essas clínicas têm experiência para perceber sinais iniciais de medo e ansiedade súbitos do paciente e se adaptam adequadamente a essa alteração.
  • Essas clínicas têm suas áreas de hospitalização e salas de cirurgia avaliadas criticamente,  de forma a assegurar  a existência de equipamentos e ferramentas, além da capacidade de realização de procedimentos que sejam adequados ao paciente felino.

Fonte: www.catvets.com
Por Cristiano Nicomedes

Votar








rodape